Rodovias da CART registram aumento em 12 pontos na incidência de neblina; veja dicas de segurança

Rodovias da CART registram aumento em 12 pontos na incidência de neblina; veja dicas de segurança

Rodovias estão equipadas com dispositivos de segurança que contribuem para uma condução mais segura sob ocorrência de neblina

A queda brusca das temperaturas, que acontece principalmente durante a madrugada, favorece o aparecimento de neblina nas estradas. Nas rodovias administradas pela Concessionária de Rodovias, ao menos 12 pontos foram mapeados com incidência de neblina, no trecho que vai de Bauru a Presidente Epitácio. O fenômeno, que ocorre principalmente em locais de relevo mais acidentado, exige cautela redobrada dos motoristas, devido ao prejuízo significativo que oferece à visibilidade durante a condução.

Entre os pontos mapeados pelo Centro de Controle Operacional (CCO) da Concessionária, que totalizam uma extensão de 51 quilômetros, quatro estão localizados na SP-225 – Rodovia João Baptista Cabral Rennó, nos municípios de Piratininga, Paulistânia, Espírito Santo do Turvo, Santa Cruz do Rio Pardo.

Já na SP-327 – Orlando Quagliato, há ocorrências no perímetro urbano de Santa Cruz do Rio Pardo. Outros pontos de neblina ocorrem com frequência na SP-270 – Rodovia Raposo Tavares, na altura dos municípios de Ibirarema, Palmital, Regente Feijó, Presidente Prudente, Santo Anastácio e Caiuá.

De acordo com o levantamento do CCO, o período de maior atenção se estende das 3h às 9h. Nessa faixa de horário, a baixa visibilidade na estrada pode atingir uma extensão de cerca de 12 quilômetros, como foi registrado em trecho da rodovia Rodovia Raposo Tavares, na cidade de Ibirarema, do km 405 ao 417. “Este fenômeno natural, além de reduzir a visibilidade, tende a deixar a pista mais úmida. São fatores que justificam a necessidade de dirigir em velocidade reduzida para evitar acidentes”, afirma Luis Santos, gerente de Operações da CART.

Principalmente nesta época, outro ponto de atenção são os equipamentos de iluminação do veículo, fundamentais para reduzir o risco de colisões. Antes de pegar estrada, o motorista deve checar as condições das lanternas, palhetas do limpador, limpeza e condições do para-brisa e seguir respeitando os limites de velocidade. “A neblina na rodovia requer maior atenção por parte dos motoristas, por conta da pista molhada e da visibilidade baixa. Com isso, o tempo de resposta da frenagem é um pouco mais demorado, principalmente se o veículo estiver com algum pneu ‘careca’. O motorista também deve considerar seus próprios limites. Se a visibilidade estiver muito limitada, o melhor a fazer é parar no posto de serviço mais próximo, nas bases SAU (Serviço de Atendimento ao Usuário) da CART ou em uma base da Polícia Militar Rodoviária”.

Recursos na rodovia

A neblina ou nevoeiro se trata basicamente de uma nuvem que se forma próxima ao solo. Esse fenômeno ocorre devido a uma queda brusca da temperatura ambiente, somada à alta umidade atmosférica no local. A partir da junção desses fatores, a água presente no ar é condensada, formando a neblina que se instala nas rodovias. E, para oferecer uma condução mais segura durante o percurso nessas condições, a CART possui dispositivos de segurança instalados ao longo de todo seu sistema rodoviário.

Trafegar por trechos iluminados e com recursos que dissipam os faróis dos veículos faz a diferença para o condutor que não consegue desviar da neblina. Por isso, além da sinalização horizontal, que são as faixas seccionadas e contínuas brancas pintadas no solo e tachas refletivas brancas, presentes em toda a extensão de Presidente Epitácio a Bauru, a CART instalou ainda balizadores refletivos nas barreiras de concreto e defensas metálicas para potencializar a visibilidade do trajeto pelo motorista no período noturno, aumentando sua segurança.

 A rodovia também está equipada com:

–  Tachas refletivas delineadoras posicionadas no meio e nas laterais da rodovia para indicar a largura da pista;

– Placas refletivas de advertência e regulamentação para sinalizar trecho em obras, bem como informações educativas;

– Dispositivos auxiliares em cor lima-limão nas defensas metálicas e barreiras de concreto em diversos pontos, com o intuito de melhorar a visibilidade sob essas condições;

– Faixa de sinalização horizontal, que têm sua pintura reforçada constantemente;

– Painéis de Mensagens Variáveis (fixo e móvel) para informar sobre tráfego e condições da via;

– Iluminação por LED nas 12 bases do Serviço de Atendimento ao Usuário (SAU) que funcionam 24 horas por dia.

Sobre a CART

As rodovias da CART contribuem para a expansão do comércio, indústria, do agronegócio, do turismo e da prestação de serviços nos 34 municípios cortados pelo Corredor. Monitorada e 100% duplicada, a concessão confere segurança e agilidade no trânsito de cargas, conectando o Oeste Paulista com os principais pontos de escoamento da produção do Brasil e ocupa posição de destaque nos índices de avaliação de qualidade das rodovias da CNT – Confederação Nacional do Transporte.

Canal de Ética e Privacidade